Header Noticias

Feira de Natal


A CERCICA participou pela primeira vez nas marchas dos Santos Populares do concelho de Cascais. Composta por 15 pares, formados por clientes do centro de atividades ocupacionais e colaboradores. A marcha contou ainda com a boa disposição e energia de Bibá Pita e Tiago Luta (cliente da CERCICA) que apadrinharam a marcha.


No dia 9 de Junho, o desfile começou junto ao Centro Cultural de Cascais e terminou cerca de uma hora depois com a apresentação de todas as marchas no Mercado da Vila, onde assistiram muitas largas centenas de pessoas, entre cascalenses e turistas nacionais e estrangeiros. No domingo, 10 de junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades, as marchas atuaram junto à sociedade de Talaíde e dia 17 de junho, nas Festas de Santo António, em Tires.


A “marcha da Cercica” intitulada “Os Saloios Cascalenses”, contou com a composição original de Luís Batista e letra de Teresa Garcia, acompanhada pela banda da Sociedade Filarmónica de Mira-Sintra.

 “Os Saloios Cascalenses”

Uma saloia que vivia na Abuxarda
Que por sinal era boa costureira
Por um pescador ficou apaixonada
À sua porta o esperava na soleira.

Os Cascalenses eram muito faladores
Do Pescador e da Saloia comentavam:
- “Olha que bem ficam estes dois amores
Quando caminhavam ao povo acenavam.”

Lá vai a marcha da CERCICA a cirandar
Do Livramento até chegar a Cascais
Todos juntos pelas ruas a animar
Estamos prontos para ir p'ros arraiais.

O pescador só queria andar no mar
E da saloia não queria nem saber
Lá foi ele entretido a remar
P'lo mar e a vê-la a sofrer.

Lá vai triste, a saloia costureira
Tão grande foi o desgosto de amor
Jurou ela que iria morrer solteira
Sempre a amar o pescador.

Refrão.


Saiba mais: http://www.cascais24.pt/p/blog-page_426.html

Álbum de Fotografias: 9 de Junho | 10 Junho | 17 junho 

Vídeos:  9 de Junho | 10 Junho | 17 junho